Kim Bak Dinitzen (violoncelo) e Ricardo Ballestero (piano)

Em seu concerto de estreia em São Paulo, o violoncelista dinamarquês Kim Bak Dinitzen (foto), acompanhado ao piano por Ricardo Ballestero, apresentou composições essenciais de Beethoven, Schumann e Brahms na Sala Jardel Filho do CCSP.

O programa traz três obras centrais do repertório canônico, essencial da música de câmara europeia, que representam três gêneros importantes dos períodos clássico e romântico na Europa central: a variação, a peça de caráter e a sonata. Nas obras escolhidas, os compositores se posicionam esteticamente diante da tensão inerente entre a tradição e a originalidade nelas presentes. Kim Bak Dinitzen e Ricardo Ballestero apresentam um programa clássico no concerto de estreia desta parceria musical.

Programa
Ludwig van Beethoven (1770-1827)
Sete Variações sobre “Bei Männern welche Liebe fühlen”, de Mozart, WoO46
Robert Schumann (1810-1856)
Adagio e Allegro, op. 70
Johannes Brahms (1833-1897)
Sonata em mi menor, op. 38
– Allegro non troppo
– Allegretto quasi Menuetto
– Allegro

Sobre os músicos

Detentor de importantes prêmios internacionais na Europa e nos Estados Unidos, o violoncelista dinamarquês Kim Bak Dinitzen realizou sua formação na Dinamarca e na Inglaterra. Já se apresentou em importantes salas de concerto dos EUA, Inglaterra, Suécia, Alemanha e Japão. Suas gravações incluem as obras completas para violoncelo de Britten, as sonatas de Brahms, Strauss, Prokofiev e Schnittke e as obras completas para violoncelo e piano de Fauré. Também gravou os quintetos, sexteto e octecto de Niels W. Gade com o English Johannes Ensemble e o concerto para violoncelo de Emil Hartmann com a Orquestra Sinfônica do Sul da Jutlandia. Kim foi professor no Royal Northern College of Music de Manchester e na Royal Scottish Academy of Music and Drama de Glasgow. É membro da Orquestra de Câmara da Europa e primeiro violoncelo da Orquestra Real da Dinamarca.

Nascido em São Paulo, Ricardo Ballestero (piano) se dedica à arte da colaboração ao piano, tendo estudado com dois dos mais renomados especialistas da atualidade, Martin Katz e Dalton Baldwin. Doutorado pela Universidade de Michigan, foi integrante do Studio da Houston Grand Opera e trabalhou como pianista preparador na Houston Grand Opera, Festival Amazonas de Ópera e Festival Internacional de Campos do Jordão. Apresentou-se em recitais com cantores solistas do Metropolitan Opera, New York City Opera, Houston Grand Opera, Teatro Mariinsky e La Scala. Igualmente requisitado para colaborar em recitais com instrumentistas, é docente do Departamento de Música da ECA-USP. Atuou como professor na Universidade do Colorado-Boulder e realizou recitais, palestras e cursos sobre o repertório vocal de câmara nos EUA, na Itália, Alemanha, Espanha, Argentina, em Portugal e no Brasil.

Créditos
Produção, apresentação e edição: Marta Fonterrada

Tags:, , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *