SituAção de Atrito 3: uma Coisa Muda


Detalhes do Evento


2 a 11/8/2019

SituAção de Atrito 3: uma Coisa Muda especula um corpo-substância que se desorganiza por atrito ou por motivo não identificado. Um corpo-espaço que não cabe em si. Cruzamentos que nos põem em contato com signos de torção, de violência, de precipitação, de deslocamento, de necessidade cinética. Nela, o binômio dança-política é pensado a partir de uma invocação direta do corpo e suas capacidades, do corpo e suas potências cuja função é a de perturbar nossa formatação cega de gestos, hábitos e percepções. Se existe uma conexão entre arte e política, deve ser colocada em termos de dissenso que produz ruptura de hábitos e comportamentos.
Concepção e direção: Wellington Duarte – Intérpretes: Aline Brasil, Maria Basulto e Wellington Duarte – Intérpretes convidados: Bia Rangel, Camila Bosso, Guma Muliterno e Richard Reis – Orientação dramatúrgica: Donizeti Mazonas – Assistente de direção: Rafael Costa – Desenho de som: Daniel Fagundes – Ambientação cenográfica e figurinos: Eliseu Weide – Luz: Wagner Antonio – Assistente de iluminação: Dimitri Luppi Slavov – Fotos: Keiny Andrade – Produção: Jota Rafaelli – MoviCena Produções – Assistente de produção: Luciana Venâncio – Realização: Núcleo EntreTanto, da Cooperativa Paulista de Teatro
*Este projeto foi realizado com apoio do Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

quintas a sábados, às 21h, e domingos, às 20h – 60min – 14 anos – Espaço Cênico Ademar Guerra
entrada gratuita – a bilheteria será aberta duas horas antes do início da apresentação para a retirada de ingressos, que não estarão disponíveis na internet – cada pessoa poderá retirar um par