Semana Paulistana do Curta-Metragem


Detalhes do Evento


26 a 30/11/2019

A mostra exibe os filmes selecionados pelo Edital Semana Paulistana do Curta-Metragem.

PROGRAMAÇÃO

26/11 – terça

Sessão I
17h (63min)
A Menina Banda
As Viajantes
Bolha
Êles

Sessão II
19h (76min)
Fantasia de Índio
Nadir
Entremarés
Que Som Tem a Distância
Enraizada

27/11 – quarta

Sessão III
17h (74min)
Volta Seca
Codinome Breno
Cabeça de Rua
Era Pra Ser Nosso Road Movie
Aqueles Dois

Sessão IV
19h (78min)
#Procuram-se Mulheres
Bonde
Bicha-Bomba
Mato Adentro
Baixa Funda o Destino de um Povo

28/11 – quinta

Sessão IV
15h (78min)
#Procuram-se Mulheres
Bonde
Bicha-Bomba
Mato Adentro
Baixa Funda o Destino de um Povo

Sessão V
17h (74min)
O Fervo
Sem Título #5: A rotina Tem Seu Encanto
Rua Augusta, 1029
Imagens de um Sonho
Entre Nós e o Mundo

Sessão I
19h (63min)
A Menina Banda
As Viajantes
Bolha
Êles

29/11 – sexta

Sessão V
15h (74min)
O Fervo
Sem Título #5: A rotina Tem Seu Encanto
Rua Augusta, 1029
Imagens de um Sonho
Entre Nós e o Mundo

Sessão II
17h (76min)
Fantasia de Índio
Nadir
Entremarés
Que Som Tem a Distância
Enraizada

Sessão III
19h (74min)
Volta Seca
Codinome Breno
Cabeça de Rua
Era Pra Ser Nosso Road Movie
Aqueles Dois

SINOPSES E FICHAS TÉCNICAS

#Procuram-se Mulheres
[2018, 17min]
direção: Rozzi Brasil
elenco: Ana Quintas, Bela BatuQada, Carolina Abreu, Dayse do Banjo, Duda Sales,  Elza Ribeiro, Juliane Procópio, Meri de Liz, Nana Batista, Rozzi Brasil e Ruça Caniné
Mulheres atendem a um anúncio numa rede social. Conectando-se para fugir da invisibilidade, elas se conhecem, se reconhecem e criam coragem para algo surpreendente. Conversam, propõem soluções, falam sobre samba ,machismo, relação abusiva e violência policial.

A Menina Banda
[2018, 21min]
direção: de Breno César
elenco: Sandrilaine dos Santos
Curta-metragem de ficção influenciado pela literatura de realismo fantástico. Num vilarejo silencioso, uma menina tem a capacidade de produzir sons musicais a partir de seu corpo. Num mergulho através dos eventos fantasiosos da infância, o filme traz a metáfora da travessia do amadurecimento pessoal e tenta mostrar de maneira poética e sensível a construção da música interior de cada um.

Aqueles Dois
[2018, 15min]
direção: Émerson Maranhão
Dois rapazes. Duas histórias que se cruzam. Duas vidas unidas por uma condição que define suas existências. Duas jornadas em busca de amor e de se reconhecer no espelho.

As Viajantes
[2019, 12min]
direção: Davi Mello
elenco: Gilda Nomacce e Majeca Angelucci
Em uma noite de sexta-feira, duas atrizes compartilham seus medos.

Baixa Funda, o Destino de um Povo
[2018, 15min]
direção: Marcello Sannyos
elenco: Ana Maria, Annalu Dias, José Cesário, Vandir França, Keliane Berto e Cacau Almeida
Dona Joana, descendente de negros e índios e mãe de 11 filhos, relata suas histórias, seus anseios, suas crenças e o cotidiano na lida da vida rural na Comunidade Baixa Funda, em Urucuia, Minas Gerais. Ela é a personagem central e a figura mais emblemática da comunidade. É ela que transmite oralmente, assim como aprendeu, do seu modo simples, os fatos e causos ocorridos nos tempos passados.

Bicha-Bomba
[2019, 8min]
direção: Renan de Cillo
elenco: Luca Scarpelli, Lui Castanho, Marcelo Oriani e Renan de Cillo
Este filme “não é capaz de vingar as mortes, redimir os sofrimentos, virar o jogo e mudar o mundo. Não há salvação. Isso aqui é uma barricada!”.

Bolha
[2018, 15min]
direção: Mateus Alves
elenco: Rafael Gadelha, Xavana Celesnah, Gustavo Montenegro, Renata Santana, Bianca Joy Porte e Fiorela Svetlosak
Produzido a partir de pinturas a óleo e acrílico do artista plástico pernambucano Daaniel Araújo, a animação retrata um dia na vida de um jovem em dessintonia com o mundo a sua volta. Deparando-se com uma deformidade em seu corpo, ele busca uma saída.

Bonde
[2019, 18min]
direção: Asaph Luccas
elenco: Alice Marcone, Eric Oliveira e Joyce Brito
Três jovens negros da favela de Heliópolis saem em busca de refúgio na vida noturna LGBTQIA+ do centro da cidade de São Paulo

Cabeça de Rua
[2019, 15min]
direção: Angélica Lourenço
elenco: Cora Rufino, Danielle Sendin, Rodrigo Correa, Magdalena Rodrigues e Cristiano Diniz
Célia recebe uma proposta para um trabalho fichado em uma loja, após trabalhar durante muitos anos como lavadora de carros. Em seu último dia na rua, ela precisa passar seu ponto de trabalho para sua prima, ao mesmo tempo que precisa lidar com sua insegurança em relação ao novo desafio profissional.

Codinome Breno
[2018, 19min]
direção: Manoel Batista
A memória possui gavetas que escondem partes do nosso passado, mas o medo e a saudade nos impedem de acessá-las. Para reconstruir o mosaico de memórias familiares, Manoel busca a partir da origem do nome de seu irmão, dos objetos de família e dos relatos dos amigos mais próximos, as peças que faltam nesse quebra-cabeça. A busca por esse nome termina por descortinar passagens da ditadura militar no Brasil.

Êles
[2019, 15min]
direção: Roberto Burd
elenco: João Pedro Prates, Teca Pereira, Álvaro Rosacosta e Janaina Pelizzon
Gabriel veraneia em sua casa de praia enquanto seus pais passam a semana trabalhando em Porto Alegre. Após mais uma noite de bebedeira, ele acorda e percebe na movimentação dos vizinhos e curiosos, que Dona Ida, a empregada que trabalhou a vida inteira com sua família, faleceu subitamente.

Enraizada
[2019, 8min]
direção: Tiago Delácio
elenco: Olívia da Conceição
No coração do Recife, Olívia resiste.

Entre Nós e o Mundo
[2019, 18min]
direção: Fabio Rodrigo
elenco: Erika Cristina Felipe de Souza, Nicolas Rafael Felipe de Lima (MC Rafinha ZN), Gabriel Moura Ronguezi da Silva (MC Biel SP), Lincon Hiago Borges Leite (MC Kinho),  Chaydson de Souza Silva (MC Daede), Jessica Cristina Felipe de Oliveira (off), Marilene Leodoro Felipe, Andreia Etelvina da Costa e Alicia Felipe de Souza
O diretor faz um retrato emocional do momento de vida de sua prima Erika, que teve um de seus dois filhos, Theylor, de 16 anos, assassinado em uma abordagem policial e está preocupada com o outro, Nicolas, de 17, que segue vivendo no mesmo bairro. Erika está grávida. 

Entremarés
[2018, 20min]
direção: Anna Andrade
elenco: Ginha, Sandra, Rita
No chão de lama, mulheres compartilham os seus vínculos e vivências com a maré e a pesca.

Era Pra Ser o Nosso Road movie
[2019, 4min]
direção: Carolina Timoteo, Clécia Borges, Júlia da Costa e Lucas Menezes
elenco: Marcella Almeida
Diane pega a estrada na volta de um casamento e se recorda do amigo Zé, com quem planejava realizar um filme de estrada. Filmado totalmente com celular, traz no sentimento de nostalgia devaneios poéticos para tempos difíceis.

Fantasia de Índio
[2017, 18min]
direção: Manuela Andrade
Desde criança, ouvia minha mãe falar da minha ascendência indígena. Duas décadas atrás, meu tio materno foi ao encontro dos xukurus à procura de rastros desse passado. Resolvi dar continuidade a essa busca.

Imagens de um Sonho
[2019, 20min]
direção: Leandro Olimpio
Composto de vídeos publicados no YouTube por terceirizados da Petrobras, o filme explora um capítulo importante do País por meio de fragmentos da vida operária dentro e fora da fábrica. Com suas próprias mãos, a classe trabalhadora registra – ao longo de uma década (2008-2018) – as alegrias e dissabores de sua jornada.

Mato Adentro
[2019, 20min]
direção: Elton de Almeida
elenco: Riggo Oliveira, Júlio Silvério e Antonio Salvador
Província de São Paulo, 1870. Amadi, um homem escravizado, foge por uma mata fechada à procura de um suposto quilombo. Em seu encalço estão Matias e Zé Crioulo, dois capitães-do-mato. Mas a mata, em suas profundezas, abriga espíritos e mistérios capazes de cercá-los numa letal armadilha.

Nadir
[2019, 15min]
direção: Fábio Rogério
Um olhar afetivo sobre o cotidiano de Nadir, mestra de cultura popular de uma comunidade quilombola do interior de Sergipe. A música de Nadir e seus silêncios.

O Fervo
[2018, 16min]
direção: Adriana Couto
elenco: Liniker, Raquel Virgínia, Assucena Assucena e Tássia Reis
O filme se infiltra nos bastidores da apresentação que uniu quatro jovens cantoras e compositoras brasileiras. Em cena, Tássia Reis, Liniker, além de Raquel Virgínia e Assucena Assucena, da banda As Bahias e a Cozinha Mineira. Quando uma mulher negra e três mulheres trans (sendo duas delas negras) cantam em um mesmo palco, muitas questões silenciadas na sociedade ganham voz. Entre o riso e a indignação, elas falam de moda, preconceito, amores, dinheiro, feminismos e violência.

Que Som Tem a Distância?
[2018, 15min]
direção: Marcela Schild
Depois do cárcere, Isaura tenta se reconectar com o mundo. Na prisão participou de uma iniciativa literária e por meio do reencontro com companheiras do projeto, discorre sobre suas angústias. A dificuldade de se reconfigurar como mãe, mulher e humana é constante.

Rua Augusta, 1029
[2019, 11min]
direção: Mirrah Iañez
Em São Paulo, madrugada de 13 de abril de 2015, 6 mil famílias ocuparam 18 prédios sem função social. O ato Abril Vermelho serviu para atentar o governo sobre a falta de vontade política para sanar os problemas de habitação.

Sem Título # 5: A Rotina terá seu Enquanto
[2019, 10min]
direção: Carlos Adriano
Um kino haikai de found footage. Cinepoema de reapropriação de arquivo, este filme é composto de imagens, músicas e sons ressignificados do filme do diretor japonês Yasujiro Ozu, A Rotina Tem seu Encanto (Sanma no Aji; 1962), de imagens da filmagem (Ozu dirigindo planos do filme) e de filmagens rodadas em 2018 durante uma viagem de trem entre Ouro Preto e Mariana e durante um sol nascente em Salvador. 

Volta Seca
[2019, 21min]
direção: Roberto Veiga
elenco: Tânia Granussi, Vinícius de Oliveira, Santinha e Guto Togniazzolo
Após 30 anos de sua partida, Marieta decide retornar a Volta Seca, povoado onde nasceu, para reencontrar sua família com a qual nunca mais teve contato. Paralelo à jornada de Marieta, a narrativa retrata também o cotidiano de Ignácio, artesão local do sertão pernambucano que divide seu tempo se dedicando à xilogravura, ao seu filho Matheus e a sua mãe, Niedja.