O Som Como Artigo: Tensões Raciais no Imaginário Criativo


Detalhes do Evento


29/1 a 26/2

Analisar e interpretar as construções sociossonoras das musicalidades urbanas do Sudeste brasileiro, com foco na cidade de São Paulo, desde os primeiros passos dos projetos civilizatórios no século 19, contidos nas propostas dos conservatórios oficiais, passando pelas ondas de modernização do século 20 e a elaboração da música popular comercial, até a formação das musicalidades negras, eletroacústicas e acusmáticas nos anos 1990.

com: Guilherme Machado Botelho – Bacharel em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Mestre em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP). E-mail para contato: cursosbotelho@gmail.com

quartas, às 19h – 180min – Espaço Mário Chamie (Praça das Bibliotecas)
entrada gratuita – sem necessidade de retirada de ingressos