Livros do Vestibular 2017 


Detalhes do Evento

Este evento irá acabar em 28 outubro 2017


de 23/9 a 18/11
Livros do Vestibular, atividade realizada a partir de uma parceria entre o CCSP e o SMB (Sistema Municipal de Bibliotecas) chega ao seu 4º ano consecutivo. É apresentada uma palestra sobre cada livro indicado como “leitura obrigatória” para o vestibular da Fuvest, por professores da USP com ampla trajetória de pesquisa no título ou autor abordado.

PROGRAMAÇÃO

dia 23/9
Claro Enigma, de Carlos Drummond de Andrade
com: Vagner Camilo – Graduado em Letras pela PUC-SP, mestrado em Teoria e História Literárias pela UNICAMP, doutorado em Teoria e História Literárias pela UNICAMP e livre-docência em Literatura Brasileira pela USP. É membro do projeto de pesquisa La voz de los libros y el cambio digital, vinculado à Universidad de Salamanca, e possui pesquisas voltadas para temas relacionados à historiografia e à crítica literárias: poesia brasileira do século 19, poesia brasileira do século 20 (Carlos Drummond de Andrade, Jorge de Lima, João Cabral…), crítica de poesia (Sérgio Buarque de Holanda), recepção de ideias críticas no Brasil e relações entre lírica, história e sociedade.

dia 30/9
Vidas Secas, de Graciliano Ramos
com: Erwin Torralbo Gimenez – graduado em Letras (Português/Espanhol) e doutor em Letras pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor de Literatura Brasileira na USP e entre suas linhas de pesquisa estão: Alguns papéis avulsos de Graciliano Ramos – fragmentos de romance nos anos 40.

dia 7/10
Mayombe, de Pepetela
com: Rosângela Sarteschi – possui graduação em Letras – inglês e português e doutorado em Letras (Estudos Comprados de Literaturas de Língua Portuguesa) pela USP. Atualmente é professora doutora no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da mesma instituição. Atua na área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, nas seguintes linhas de pesquisa: literatura e história; literatura e sociedade, ensino de literatura (a lei 11.645/08 em perspectiva) e literatura comparada nos países de língua oficial portuguesa.

dia 14/10
Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis
com: Ricardo Souza de Carvalho – professor de Literatura Brasileira na USP. Bacharel em Letras, mestre e doutor em Literatura Brasileira pela USP. Autor do livro A Espanha de João Cabral e Murilo Mendes, 1º lugar na categoria Teoria e crítica literária do 54º Prêmio Jabuti. Atua principalmente nos seguintes temas: literatura brasileira do século XIX e da virada XIX-XX; escrita da história; ensaio.

dia 21/10
Iracema, de José de Alencar
com: Mário César Lugarinho – professor livre docente da USP na área de Literaturas Africanas de Língua Portuguesa. Possui graduação em Letras e especialização em Teoria Literária pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e mestrado e doutorado em Letras pela PUC-RJ. Possui experiência na área de Letras, com ênfase em Literaturas Africanas de Língua Portuguesa e Literatura Portuguesa, principalmente nos seguintes temas: Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Estudos Pós-coloniais, Estudos Culturais e Estudos Queer.

dia 28/10
Minha vida de menina, de Helena Morley
com: Marcos Flamínio Peres – fez graduação, mestrado e doutorado na USP, atuando, sobretudo, nas seguintes áreas: teoria literária e literatura comparada e literaturas brasileira e francesa. É professor de Literatura Brasileira na USP e autor de As minas e a agulheta (Ed. da UFMG), sobre a ficção de José de Alencar, e A fonte envenenada (Ed. Nova Alexandria), sobre a poesia de Gonçalves Dias.

dia 4/11
O cortiço, de Aluísio de Azevedo
com: Émerson da Cruz Inácio – possui graduação, mestrado e doutorado em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Desde 2006 é Professor Doutor em regime de dedicação integral à docência e à Pesquisa da FFLCH-USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Portuguesa e Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Poesia do século XX, Literatura Comparada, Estudos Culturais, Teoria Queer e Estudos Gays e Lésbicas, focalizando a tensão e a convergência desses com a crítica literária, o corpo, a subjetividade, a cultura e a formação dos cânones literário.

dia 11/11
A cidade e as serras, de Eça de Queiroz
com: Hélder Garmes – possui graduação e mestrado em Teoria e História Literária pela Unicamp e doutorado em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela USP, tendo realizado estágios pós-doutorais em Paris e em Ohio. Atualmente é professor livre-docente da USP, atuando especialmente nas áreas de literatura portuguesa, estudos comparados de literaturas de língua portuguesa e história da literatura. É autor do livro Romantismo Paulista, organizador do volume Oriente, Engenho e Arte, além de ser co-organizador de Literatura Portuguesa: História, Memória e Perspectivas, entre outras obras.

dia 18/11
Sagarana, de Guimarães Rosa
com: Yudith Rosenbaum – possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo e doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora doutora da USP na área de literatura brasileira .Trabalhou como psicóloga educacional durante quinze anos e atendeu por dez anos em clínica psicanalítica. Atua na interface da Literatura com a Psicanálise, especializando-se em autores do século XX, como Manuel Bandeira, Clarice LIspector e Guimarães Rosa. É autora, entre outros, dos livros Manuel Bandeira: Uma poesia da ausência (Edusp/Imago) e Metamorfoses do mal: Uma leitura de Clarice Lispector (Edusp/Fapesp).

sábados, às 10h30 – 120 min – livre – Sala Adoniran Barbosa (622 lugares)
grátis – será entregue um ingresso por pessoa, a partir das 9h30, diretamente na fila, a ser formada na porta da Sala Adoniran Barbosa

*A palestra do dia 7/10 será na Sala Jardel Filho (321 lugares)
*Haverá interpretação em Libras em todas as palestras