Coleção de Artes Alfredo Volpi

O acervo é composto por catálogos de exposições de artes indexados pelo nome do artista, livros sobre artes plásticas, arquitetura, fotografia, moda, recreação e artes performáticas, além de periódicos e CDs-Rom. Destaque para a coleção da revista Cinelândia, publicada entre as décadas de 1950 e 1960, e para os mais de 11 mil catálogos de exposições, dos quais 5.247 já estão indexados em banco de dados pelo nome do artista.

Empréstimo
Leitores cadastrados podem emprestar até quatro livros identificados como disponíveis para empréstimo, sendo no máximo dois sobre o mesmo assunto.
Para se cadastrar e emprestar as obras do acervo, basta apresentar um documento original com foto e comprovante recente de endereço.

Histórico
A Alfredo Volpi é a seção da Biblioteca Sérgio Milliet que abriga o acervo de artes do CCSP, proveniente da Biblioteca Mário de Andrade e do IDART (Departamento de Informação e Documentação Artísticas). O nome Alfredo Volpi foi oficializado em setembro de 1996 pelo decreto 36398, do então governador Paulo Maluf. O acervo conta com catálogos de exposições de arte, livros sobre artes plásticas, arquitetura, fotografia, moda, recreação e artes performáticas, além de periódicos e CDs-rom.

Horário de funcionamento:
Terça a sexta, das 10h às 20h
Sábados, domingos e feriados (exceto Carnaval e Páscoa), das 10h às 18h
(A entrada é permitida até 30 minutos antes do fechamento)