Festival Criativos por Tradição

3/9 a 3/10

  • Terça a sexta, das 10h às 20h; Sábado e domingo, das 10h às 18h  
  • Na Praça das Bibliotecas
  • Classificação Indicativa: livre
  • Grátis
  • Saiba mais em: www.criativosportradicao.org.br
  • É recomendado o uso de máscara 

Do dia 03 de setembro a 03 de outubro, a Artesol promove o Festival Criativos por Tradição no Centro Cultural São Paulo. O Festival, que é um dos eventos âncora do DW! – Design Weekend, é também um movimento – um convite para os visitantes refletirem sobre a urgência da proteção da Amazônia, que só é possível a partir da valorização dos modos de vida, da cultura, do ritmo e das comunidades tradicionais desse território. Patrocinado pelo Instituto Vale Cultural, o Festival conta com o apoio da Pernambucanas e da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, incluindo em sua programação exposição, seminário, oficinas e feira para a comercialização do artesanato.

O foco da Exposição Conexões Amazônia (com curadoria de Bárbara Muller e Moara Tupinambá) é revelar a história, o modo de vida, os saberes populares e a linguagem criativa de oito diferentes comunidades envolvendo povos indígenas como os Baniwa e krahô, vilas de ceramistas tapajônicos, povoados de seringueiros, entre outros núcleos.

A diversidade dos artefatos criados na região é resultado da experimentação de técnicas, formas, elementos naturais, símbolos e memórias ancestrais que conferem ao artesanato da Amazônia um caráter plural e singular ao mesmo tempo. Além do valor cultural, um aspecto importante da produção do território é a questão da sustentabilidade, porque uma das grandes contribuições destas comunidades tradicionais para a nossa sociedade é o seu modelo de inter-relação com a natureza.

Além da mostra, que contará com recursos de fotografias, audiovisual e objetos, a programação do Festival também inclui um seminário com importantes atores e pensadores da Amazônia, entre artesãos, pesquisadores e ativistas, que irão promover reflexões e discussões sobre o contexto da salvaguarda dos saberes populares, as políticas públicas, o mercado de consumo desse artesanato, processos de cocriação e iniciativas que são referência de desenvolvimento sustentável. Já as oficinas ministradas pelos próprios artesãos têm o objetivo de aproximar o público das técnicas a partir de uma experiência mão na massa. A feira de artesanato, por sua vez, trará uma diversificada oferta de produtos da Amazônia para quem quiser levar para casa um pedacinho da história e das expressões culturais da Floresta e sua gente.

Por se tratar de um evento híbrido, o Festival contará com uma plataforma virtual onde os visitantes poderão fazer um tour pela mostra, acessar conteúdos sobre o universo do fazer artesanal da Amazônia, assistir às palestras do seminário e assistir as oficinas ministradas pelos artesãos. 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE SEMINÁRIOS, OFICINAS E FEIRA

Seminários

SEXTA FEIRA, 16 de setembro 

14h: Credenciamento

15h: Visita Guiada com curadoras Barbara Muller e Moara Tupinambá, com participação especial dos artesãos e designers facilitadores

16h: Abertura do Seminário

16h45: Palestra com Ana Terra Yawalapit

17h45: Roda de conversa: Biodiversidade, salvaguarda e artesanato. Convidados: Cleber Oliveira de Araújo (Instituto Kabu), Marlene Baniwa (artesã), Barbara Muller (designer) e Adriana Rodrigues (ISA)

19h15: Encerramento 

SÁBADO, 17 de setembro 

14h30 às 15h45: Mesa 2 – Artesanato de tradição: quem cria a demanda? 

Convidados: Luly Viana (designer), Maria Alexandre (artesã) e Patrícia Machado (Origens Brasil)

16h às 17h15: Mesa 3 – Políticas Públicas e os desafios do território

Convidados: Cláudia Regina (Programado Artesanato do Amazonas), Maria da Fé (Galeria Amazônica), Luciane Lima (FOIRN) e Vitor Aratanha (Centro Cultural Kàjre)

17h30 às 18h45: Mesa 4 – Colonialismo e globalização no fazer artesanal

Convidados: Moara Tupinambá (artista), Jefferson Paiva (artesão), Isabel Oliveira Silva (artesã) e Alexandre Bispo (Antropólogo e curador)

DOMINGO, 18 de setembro 

14h30 às 15h45: Mesa 5 – A produção artesanal e o trabalho em rede

Convidados: Ingrid Godinho (Turiarte), Day Molina (estilista e ativista), Zélia Damasceno (Seringô) e Helena Kussik (Artesol)

16h às 18h: Mesa 6 – Caminhos colaborativos para a criação artesanal

Convidados: Érico Gondin (designer), Valdeli Costa (artesão), Antônio Castro (designer), Jefferson Paiva (artesão), Lora Cirino (designer), Marlene Baniwa (artesã), Zuri Almeida (designer) e Mariana Campanatti (coordenadora do Festival)

Oficinas

SÁBADO, 17 de setembro

14h30 às 17h: Oficina 1 – O mundo encantado do Miriti

Miniaturas com Valdeli Costa (Miritong – Associação Arte Miriti de Abaetetuba)

14h30 às 17h: Oficina 2 – As cerâmicas ancestrais da Amazônia

Escultura em cerâmica com Jefferson Paiva (Ceramistas Tapagônicos)

17h15 às 19h45: Oficina 3 – A borracha colorida dos Seringais

Criações com borracha/látex com Doutor da Borracha e Bruno Sacramento (designer)

DOMINGO, 18 de setembro

14h30 às 17h: Oficina 4 – Viva os buritizais do Maranhão

Trançado com a seda do Buriti com Antônia Aguiar (Associação de Mães do Rio Grande) e Sioduhi (designer)

14h30 às 17h: Oficina 5 – Conhecendo as madeiras da Floresta

Artefatos em madeira com Simeão Anhape Bezerra (Nov’art)

17h15 às 19h45: Oficina 6 – Fazendo arte com sementes

Composições com sementes com Amxykwyj Krahô (Associação Centro Cultural Kajrè)

Feira

16, 17 e 18 de setembro

Sexta, sábado e domingo, das 14h às 22h

No Foyer do CCSP

Saiba mais:

>> Acesse o site oficial do Festival: www.criativosportradicao.org.br

>> Inscreva-se nas oficinas:https://www.sympla.com.br/inscricao-para-oficinas-criativos-por-tradicao-amazonia-conexoes__1698561?share_id=0

>> Inscreva-se no seminário: https://www.sympla.com.br/inscricao-para-o-seminario-criativos-por-tradicao—amazonia-conexoes__1701023

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo