A potência do design de superfície: a comunicação da estampa como arte em trânsito

Inscrições abertas de 14 a 30/10 para o 4º projeto pelo link

  • Início em 04/11, às sextas, das 14h00 às 20h00
  • Na folhetaria, localizada no Piso 23 de Maio

  • Classificação Indicativa: livre
  • É recomendado o uso de máscara 

A oficina “A potência do design de superfície: a comunicação da estampa como arte em trânsito” pretende oferecer atividades criativas e técnicas que se ocupem da criação e desenvolvimento de qualidades estéticas, funcionais e estruturais, projetadas especificamente para constituição e/ou tratamento de superfícies.

A serigrafia será sugerida como a ferramenta principal de impressão. O CCSP, em sua comemoração de 40 anos, e por meio da observação de seus espaços, arquitetura, as texturas dos revestimentos, as paisagens dentro e ao redor, as subjetividades de seu público frequentador, a iluminação, seus vazios etc, será o objeto de investigação dos encontros, nos quais a estampa em trânsito irá dialogar com o cotidiano, assim como o grafite nos espaços urbanos.

O curso será dividido em 4 projetos, ao longo de 6 meses. Para participar, não é preciso experiência prévia. Confira abaixo a programação e faça parte!

PROGRAMAÇÃO 

24/06 e 01, 08, 15, 22 e 29/07

1° Projeto – Serigrafia > Introdução ao design de superfície. Focando na criação e construção das matrizes de impressão, abordaremos processos de construção de arte manual e arte digital para matriz serigráfica.

05, 12, 19 e 26/08 à 02 e 09/09

2º Projeto – Estampa localizada > Módulo sobre as possibilidades de diferentes maneiras de criar uma arte que dialogue com variadas superfícies físicas ou digitais. Terá como objeto de investigação a criação e desenvolvimento de estamparia localizada, instigando a construção e/ou solidificação de estilo pessoal por meio de análises referenciais.

16, 23 e 30/09 à 07, 14 e 21/10

3º Projeto – Estampa corrida > Abordará diretrizes teóricas e técnicas da criação e desenvolvimento de estamparia corrida a fim de apontar caminhos no mercado profissional dessa prática artística. Experimentação e aspectos técnicos da construção de rapport e pattern in motion, além do diálogo desse processo criativo aplicado no mercado da moda, revestimentos e no mercado das artes.

04, 11, 18 e 25/11 e 09/12

4º Projeto – Livre escolha > Será voltado para criação livre onde o único pré-requisito será a criação e desenvolvimento de um projeto para uma superfície, seja ela física ou digital. A ideia será estimular a construção de uma identidade estilística, costurando comportamento, arte e cultura através do design de superfície. 

Sobre o designer Lu Sanper

Designer Gráfico e Artista Visual, licenciado em Desenho e Plástica pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e pós-graduado em Design pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Possui cursos de extensão em Estilismo e Produção de Moda e Computação Gráfica. Atuou profissionalmente na Bahia, seu Estado natal, como Cenógrafo, foi sócio-fundador do coletivo de design Atelier BossaNossa, dirigiu artisticamente uma grife baiana de estamparia autoral e deu aulas de artes para crianças e adolescentes. Transitou pelo estado do Rio Grande do Sul, onde trabalhou em uma produtora de vídeos e no Mato Grosso, onde desenvolveu projetos de videoaula e deixou uma escultura em uma das principais avenidas da cidade de Sorriso. Mudou-se para São Paulo onde iniciou uma jornada profissional em agências de publicidade, onde desenvolveu projetos para marcas de vestuário, farmácia, empresas aéreas, aeroporto etc. Atuou profissionalmente como freelancer para o antropólogo Mattijs Van de Port e para empresas como Instituto Europeo di Design/SP e o Banco Next.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo