#CCSPindica: exposição itinerante Circo Modernista, do Centro de Memória do Circo

A história de São Paulo é marcada, dentre muitos aspectos, por uma intensa tradição circense que está guardada na memória da cidade. Por volta dos anos 1920, diversos nomes do movimento modernista brasileiro se aproximaram do circo através do contato com o icônico palhaço Piolin, o que influenciou as manifestações artísticas de vanguarda da época. A exposição Circo Modernista aborda a história do circo brasileiro pela perspectiva de quatro famílias circenses tradicionais que tiveram suas lonas estendidas em São Paulo: Pereira, Pinto, Queirolo e Seyssel. 

A exposição Circo Modernista é organizada pelo Centro de Memória do Circo, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso. A programação faz parte da comemoração do centenário modernista e conta com uma instalação cenográfica, textos, fotografias e áudios, diretamente do acervo do CMC, com curadoria de Verônica Tamaoki, em parceria com o programa Sou de Circo. O projeto expográfico é de Renato Figueiredo e a produção é de Roberta Castro. 

A inauguração ocorreu no dia 26/02, e seguirá disponível até o dia 01/05, de terça-feira a sábado das 11h às 20h e domingo das 11h às 18h. A classificação indicativa é livre e a atividade é gratuita. O Centro Cultural da Juventude está seguindo todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19, portanto faz-se obrigatório o uso de máscara e a apresentação de comprovante de vacinação com no mínimo duas doses. 

Clique aqui para conhecer o Centro de Memória do Circo

Clique aqui para conhecer o Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo