Roda de Choro: Choro das 3

08/03

  • Terça-feira, às 20h
  • Na Sala Adoniran Barbosa 
  • Classificação Indicativa: livre
  • Grátis
  • Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria uma hora antes da apresentação. Para retirá-los, será necessário apresentar o comprovante de vacinação da Covid-19 (físico ou digital), com no mínimo duas doses. 

Toda terça-feira o Centro Cultural São Paulo recebe diferentes artistas para se apresentar na Roda de Choro, que acontece na Sala Adoniran Barbosa. Nesta apresentação, o grupo Choro das 3 – formado pelas irmãs Lia Meyer Ferreira, Elisa Meyer Ferreira e Corina Meyer Ferreira – expõe seu repertório.

Sobre o grupo

Em 2008, a Som Livre lançou o primeiro CD do Choro das 3, “Meu Brasil Brasileiro”, que teve excelente aceitação da crítica musical, como: “…uma das grandes surpresas da música instrumental brasileira” (Yahoo News), “interpretações de extrema criatividade… um trabalho maravilhoso de preservação, e ao mesmo tempo de renovação e modernização do Choro…” (Toninho Spessoto, Blog Acordes), e ainda “sedutor (…) fiel a forma (…) muito brasileiro” (Tribuna da Imprensa). Em 2011, o Choro das 3 foi convidado para o festival internacional “Mandolines de Lunel” (Bandolins de Lunel), na França, onde realizou o seu principal concerto no teatro “G. Brassan Room”, esgotado com 600 assentos ocupados. Depois do concerto, o produtor do festival Olivier Chabrol disse: “Esta noite ouvimos verdadeiramente o Brasil”. Em 2012, Choro das 3 lançou o seu segundo álbum, “Escorregando”, e o seu próprio selo, Macolé. Novamente, o grupo teve o trabalho reconhecido pela crítica musical: “Choro das 3 (…) representa a mais nova e a mais talentosa música no panorama da música brasileira…” (Bom dia, 08/11/12), e, “um verdadeiro presente para os fãs de música instrumental (…) um feliz, eclético e inovador álbum.” (Jornal Ipanema, 22/11/12). Foram realizados concertos de lançamento do CD “Escorregando” em São Paulo (SP), Sorocaba (SP) e João Pessoa (PB), com cobertura de Tvs, rádios, jornais e revistas. E, novamente a critica aplaude: “(…) interativo e vivo,” (Bom Dia, 08/12/12), “(…) graça, talento e uma séria pesquisa do Choro”, (PBAgora, 26/11/12). 

Em 2013, lançou “Boas Novas”, primeiro trabalho com obras inéditas do grupo. O álbum ganhou turnê de lançamento nos EUA e percorreu mais de 20 estados americanos com a apresentação de 30 concertos e workshops. Mike Marshall, bandolinista americano, diz que o Choro das 3 apresenta “(…) o Choro de mais alta qualidade que pode ser ouvindo em qualquer lugar do mundo hoje em dia (…)”, as “jovens irmãs (que) tocam choro com bagagem de veteranas” (Folha de São Paulo – Nov. 2014) lançaram um novo álbum em 2014, “Boca de Goiaba”, que também ganhou turnê no Brasil e nos EUA. Novamente, o grupo lança quatorze faixas inéditas, mostrando a riqueza e a vivacidade da música instrumental brasileira. Neste mesmo ano é lançado o disco autoral de piano solo de Elisa Meyer, “Dias de Verão”. Mark Davis, maestro e concertista americano, disse que o disco o faz pensar em “Chopin à brasileira” e que Elisa “exala musicalidade por cada poro de seu corpo”. Em 2015, foi a vez de Pé de Choro (Choro Tree, em inglês), que traz mais quatorze faixas inéditas, levar o “(…) som sedutor do Brasil”* (The Comercial Appeal, Jul. 2015) para os EUA com grande sucesso. “Esta coesa, descontraída e divertida família musical não é uma peça de museu, já que ela não está apenas resgatando clássicos e choros menos conhecidos, mas estão compondo.” (Brazilophiles, Ago. 2015)*. 

Em 2016, o Choro das 3 apresentou sua mais longa turnê nos EUA, com duração de cinco meses e mais de 30 mil quilômetros percorridos, apresentando mais de 50 shows e workshops por todo o país. Nesta turnê, o grupo lançou “Impressões”, seu trabalho mais recente com quatorze faixas inéditas. “Em cada faixa existe um recorte espontâneo do universo musical trilhado pelo grupo, com tons regionais e muitos cenários e inspirações típicas do interior paulista, onde vivem as meninas do Choro das 3. Entre valsas, floreios, forró e, claro choro, o “Impressões” novamente evidencia o talento que consolida o Choro das 3 como um dos mais importantes grupos de música brasileira da atualidade.” (Primeira Página, Out. 2016). Em 2017 o grupo comemorou seus 15 anos, lançando o álbum “Choro das 3 – 15 Anos” nos Estados Unidos, França, Itália e Portugal, em festivais, bibliotecas, salas de concerto e universidades.

“Viajantes” foi lançado em 2018 nos EUA, Canadá e Barbados, numa turnê que durou quase quatro meses, onde foram apresentados cerca de 50 concertos e workshops e residências em universidades. Em 2019 foi a vez de “Olho de Boi”, lançado nos EUA, França, Portugal, Espanha e Itália. Em 2020, o Choro das 3 deu continuidade às lives mensais que vinha realizando no YouTube e quando a pandemia atingiu o Brasil, aumentou a frequência para uma vez por semana, nas quintas às 21hs. O público do grupo aumenta a cada semana, e até o momento, quase 3 mil espectadores simultâneos acompanharam o Choro das 3 nas suas Quintas ao Vivo. 

 

 

 

A programação acontecerá de acordo com os protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias em prevenção à propagação do vírus da Covid-19, sendo obrigatório o uso de máscara e a apresentação do comprovante de vacinação (físico ou digital) com no mínimo duas doses.

icone-compr-de-vacinacao

É obrigatório comprovante de vacinação.

É obrigatório o uso de máscara.

O álcool gel estará disponível no local.

Respeitar distanciamento 1,5m a 2m.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo