Espetáculo Trava Bruta online

24 a 30/1

Vencedor do 6º edital da Mostra de Dramaturgia em Pequenos Formatos Cênicos do Centro Cultural São Paulo, Trava Bruta é um manifesto que parte da experiência transexual da autora Leonarda Glück para propor uma ponte e um embate entre o contexto artístico e a conjuntura político social brasileira atuais no que se refere ao campo da sexualidade. O espetáculo é uma espécie de vertiginoso poema cuja principal metáfora reúne o ato de bloquear e impedir a livre movimentação com a capacidade de brutalidade da natureza humana, sua violência e sua incivilidade.

Ficha técnica 

Criação, texto e interpretação: Leonarda Glück | Direção: Gustavo Bitencourt | Direção de produção: Igor Augustho | Trilha original: Jo Mistinguett | Luz: Wagner Antônio | Assistente de iluminação: Dimitri Luppi | Criação em vídeo e projeções: Ricardo Kenji | Figurino: Fabianna Pescara e Renata Skrobot | Design gráfico e identidade visual: Pablito Kucarz | Ilustração: André Costa | Fotografias: Alessandra Haro | Assessoria de imprensa: Pombo Correio (Douglas Pichetti e Helô Cintra) | Assessoria em marketing digital: Platea Comunicação e Arte | Assessoria jurídica e contábil: Ivanes Mattos | Realização e produção: Pomeiro Gestão Cultural. 

Ficha técnica – Registro audiovisual 

Direção e produção: Alessandra Haro | Direção de fotografia e montagem: Vinicius Nevire | Operação de câmera: Yllan O Carvalho, Thalyta Mayumi Kishi | Assistente de produção: Carolina Rodrigues | Assistente de câmera e motorista: Rafael Franja. 

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo