Roda de Samba do Centro Cultural São Paulo

dia 23/9 às 19h

  • na Sala Adoniran Barbosa
  • gratuito

A Roda de Samba do Centro Cultural São Paulo estreia presencialmente na Sala Adoniran Barbosa e será aberta ao público! 

Sob a gestão de Leandro Lehart, o Centro Cultural SP traz de volta a Roda de Samba em sua programação.
Ponto de encontro dos mais variados cidadãos de todos os cantos da metrópole no final dos anos 80, o Centro Cultural SP revive a partir de setembro as rodas de samba nos começos de noite.

A Curadora da Música, junto com sua Co-Curadora Patrícia Liberato, tem por missão trazer as memórias afetivas e novas experiências aos cidadãos paulistanos através do samba, pagode, samba rock, samba enredo e as mais variadas vertentes do segmento.

No dia 23/9, com apresentação de Patrícia Liberato, projeção de Coletivo Coletores e Banda Art&Ofício, a Roda de Samba recebe Leci Brandão, Carica Sensação e Fernandinho SP.

A programação acontece todas as quintas-feiras e os ingressos estarão disponíveis uma hora antes da programação, na bilheteria! Para retirar, será necessário apresentar o comprovante de vacinação da primeira dose.

MINIBIOS DOS CONVIDADOS

Leci Brandão

Nascida em Madureira e criada em Vila Isabel, Leci Brandão da Silva foi a primeira mulher a fazer parte da Ala de Compositores da Estação Primeira de Mangueira, em 1972. Eleita deputada estadual por São Paulo, tornou-se a segunda mulher negra a ocupar uma cadeira no parlamento paulista, sendo reeleita em 2014 e 2018. Cantora e compositora, Leci Brandão sempre foi presença marcante nos desfiles das escolas de Samba em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2019, foi homenageada pela Mangueira e foi um dos destaques da Escola de Samba Vai-Vai.  É madrinha do Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, bicampeã do carnaval de São Paulo. Em 2015, completou 40 anos de carreira e em 2017 lançou seu mais recente trabalho, Simples Assim – Leci Brandão. Com este disco, foi premiada como melhor cantora de samba no 29º Prêmio da Música Brasileira. Em 2019 lançou os singles Refazendo a Cabeça e Pra Colorir Muito Mais, pela Biscoito Fino.

Carica Sensação

Na estrada musical desde a década de 70, foi influenciado pelo Pai Sr. Matheus, que ouvia vários ritmos e estilos musicais como: Black, Soul Music, Jazz Instrumental, além de Samba, MPB e Forró. Aprendeu a tocar cavaquinho na Escola de Samba Camisa Verde Branco e se tornou uma figura ímpar no mundo do samba. Compositor de fino trato, parceiro de Arlindo Cruz, Prateado, Luizinho SP, Mário Sérgio entre outros, possui mais de 1280 músicas gravadas pelas grandes vozes do samba. Fundou o Grupo Sensação, no qual participou de 12 LP/CDs e um DVD. Com esse trabalho conquistou prêmios como Disco de Ouro, Platina, entre outros. Desde 2009, quando se desligou do Grupo Sensação, se dedica ao seu trabalho solo e prepara um CD com previsão de lançamento para 2021/2022. 

Fernandinho SP

Fernando do Prado, nascido na cidade de São Paulo, é cantor e intérprete de samba. Sua história com o samba vem do berço, seu pai , o Sr. Sebastião do Prado, mas conhecido por todos como Vicentão. Em 1976, teve o primeiro contato com a escola de samba Rosas de Ouro e em 1980 começou a tocar cavaquinho. Incentivado pelo primeiro LP de Zeca Pagodinho e do que depois se tornaria seu padrinho, o Rei Almir Guineto, foi animando as festas da região. Em meados de 1983/84 começou a frequentar a escola de samba Prova de Fogo e, através de seus amigos e do mestre e embaixador do samba Luizinho do Pandeiro,  passou a ser integrante do Garotos de Ouro da Unidos do Peruche e a desfilar em quase todas escolas de samba se São Paulo. Em 1990 fundou o então chamado Grupo Chega Mais, e gravou seu primeiro CD produzido por Lua Lafaiette e Bororó, que teve a principal faixa Humilhação de autoria de Almir Guineto.Em 2005 recebeu o convite da Unidos de Vila Maria para ser o intérprete oficial, representando a agremiação até 2011. Como cantor, lançou o CD Nas Graças de Deus e atualmente está em gravação para um novo projeto.

O evento será realizado de acordo com os protocolos de segurança estabelecidos pelas autoridades sanitárias em prevenção à propagação do vírus da Covid 19, sendo obrigatório o uso de máscara e a manutenção do distanciamento entre os participantes.

É obrigatório o uso de máscara.

O álcool gel estará disponível no local.

Respeitar distanciamento 1,5m a 2m.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo