Roda de Samba no Centro Cultural São Paulo

dia 16/9 às 19h

  • no Youtube do Centro Cultural São Paulo
  • gratuito

Sob a gestão de Leandro Lehart, o Centro Cultural SP traz de volta a Roda de Samba em sua programação.
Ponto de encontro dos mais variados cidadãos de todos os cantos da metrópole no final dos anos 80, o Centro Cultural SP revive a partir de setembro as rodas de samba nos começos de noite.

A Curadora da Música, junto com sua Co Curadora Patrícia Liberato, tem por missão trazer as memórias afetivas e novas experiências aos cidadãos paulistanos através do samba , pagode , samba rock, samba enredo e as mais variadas vertentes do segmento.

A programação acontece às quintas feiras, às 19h, e será transmitida pelo canal do YouTube do CCSP. Posteriormente, o evento será aberto ao público com limite de acesso.

No dia 16/9, com apresentação de Patrícia Liberato, a Roda de Samba recebe Adryana Ribeiro, Jonatas Petróleo e Marcio Art.

MINIBIOS DOS CONVIDADOS

Adryana Ribeiro

Adryana Ribeiro, é cantora e compositora brasileira mais conhecida por ter feito parte do grupo Adryana e a Rapaziada. Afilhada de Martinho da Vila, já gravou com Demônios da Garoa e Rafael Rabello. Tendo sido citada pelo jornalista Sérgio Cabral como a nova “Revelação do Samba”, lançou o hit Sempre Sou Eu em todo Brasil. Em 2013 foi indicada ao Grammy Latino com o Álbum Take It Easy My Brother Jorge, com releituras pops da obra do aclamado Jorge Ben Jor. Recentemente Adryana Ribeiro fez parceria com o maestro e produtor musical Elias Jó e participa como jurada nos Programas do Ratinho e no Reality musical da TV Aparecida Revelações Brasil.

Jonatas Petróleo

Jonatas Machado Gomes “Petróleo” iniciou a carreira aos 14 anos de idade integrando o grupo de samba e pagode do bairro do Jardim Santa Tereza chamado Sequência. Estudou cavaquinho na EMESP Tom Jobim e participou do CORALUSP. Compositor da comunidade samba da vela, foi convidado a participar de trabalhos como a gravação do CD de alguns intérpretes de samba como Dona Iná, Marquinho Dikuã, Samba da Vela e o grande Osvaldinho da Cuíca. É um dos idealizadores do projeto Um Canto, em Embu das Artes, e continua desenvolvendo projetos culturais na cidade. No ano de 2010 passou a fazer parte do Grupo Dose Certa. atualmente se dedica à Tríade CPF, projeto de samba autoral com a proposta questionar algumas realidades vividas no samba, que resultou no disco Revendo Conceitos.

Marcio Art

Marcio Ferreira Lisboa começou a cantar aos 9 anos de idade nas rodas de samba. Na década de 80, passou a se apresentar nas noites paulistanas e foi convidado para ser vocalista do grupo Art Popular. Sua voz foi destaque de sucessos como Utopia, Oa Oa, Percepção, Valeu Demais e Temporal. Se apresentou em diversos países da Europa e América Latina e gravou um clipe em Milão com o jogador Ronaldo Fenômeno. Esteve à frente do projeto Amigos do Pagode 90 ao lado de Chrigor e Salgadinho e atualmente, segue carreira solo com shows por todo Brasil. Fortalecido, seu mais novo trabalho, tem composições de Leandro Lehart, Ronaldinho Gaúcho, Pezinho e Xande de Pilares.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo