Mostra 60 Anos da Nouvelle Vague | CINEMA

14 a 19/1/21

Na segunda quinzena de janeiro, o CCSP e o Circuito Spcine apresentam uma mostra sobre um dos movimentos mais relevantes da história do cinema. A Nouvelle Vague, que em francês significa “nova onda”, buscou não só elaborar uma resposta aos filmes hollywoodianos, mas também usar o cinema como ferramenta para transformar o mundo.

Sala Lima Barreto – entrada gratuita

FILMES

14/1, quinta, às 15h 
Ascensor para o Cadafalso
(
Louis M, 1958, suspense, 1h28, 12 anos)
elenco: Jeanne Moreau, Maurice Ronet, Georges Poujouly
Florence e seu amante Julien sonham em ficar juntos e, para isso, armam um plano para matar o marido dela. Julien assassina o homem, forjando um suicídio, e leva suas coisas para o carro. Logo ele percebe que esqueceu o roupão fora da janela e decide voltar para buscá-lo. Preso no elevador, ele lembra vários indícios que podem incriminá-lo.

15/1, sexta, às 15h
Paris nos Pertence
(Jacques Rivette, 1961, suspense, 2h15, 12 anos)
elenco: Betty Schneider, Giani Esposito, Françoise Prévost
Anne Goupil é estudante de literatura na Paris dos anos 50 e se integra a um grupo de teatro. É levada por seu irmão mais velho, Pierre, para uma festa de amigos onde encontra com Philip, um americano expatriado fugindo do Macartismo, e Gerard, acompanhado pela misteriosa Terry.

16/1, sábado, às 15h (Os Panteras Negras + Cléo das 5 às 7)
Os Panteras Negras
(Agnès Varda, 1968, documentário, 28min, 12 anos)
Curta filmado durante o verão de 1968 em Oakland, Califórnia, durante as reuniões organizadas pelo Partido dos Panteras Negras para libertar Huey Newton, um de seus líderes, e transformar seu julgamento em um debate político.

Cléo das 5 às 7
(Agnès Varda, 1962, drama, 1h30, 14 anos)
elenco: Corinne Marchand, Antoine Bourseiller, Dominique Davray
Cléo é uma cantora francesa que vive um momento de angústia, enquanto espera o resultado de um importante exame de saúde. Sem saber o que fazer, Cléo perambula pela cidade de Paris, até que conhece um soldado que está prestes a ir para a guerra na Argélia.

17/1, domingo, às 15h (Todos os Rapazes se Chamam Patrick + O Desprezo)
Todos os Rapazes se Chamam Patrick
(Jean-Luc Godard, 1959, comédia, 21min, 12 anos)
elenco: Anne Collette, Nicole Berger e Jean-Claude Brialy
As jovens Charlotte e Véronique, universitárias que dividem apartamento em Paris, conversam sobre os rapazes que cada uma conheceu depois de se desencontrarem em um parque. Elas não sabem que se trata do mesmo homem, Patrick.

O Desprezo 
(Jean-Luc Godard, 1963, drama, romance, 1h20min, 10 anos)
elenco: Brigitte Bardot, Michel Piccoli, Fritz Lang
Na Itália, uma equipe grava sob direção de Fritz Lang um filme baseado na Odisseia, de Homero. Camille começa a acreditar que o marido, Paul, um roteirista, tentou vendê-la ao produtor. Uma série de mal-entendidos faz com que a relação do casal vá se fragmentando.

19/1, terça, às 15h 
Os Guarda-Chuvas do Amor
(Jacques Demy, 1964, musical, 1h30, 12 anos)
elenco: Catherine Deneuve, Nino C, Marc Michel
Cherbourg, 1957. Guy Foucher é um jovem de 20 anos que foi criado pela madrinha e trabalha como mecânico de carros. Ele é apaixonado por Geneviève Emery, uma adolescente de 17 anos que ajuda sua mãe viúva numa loja de guarda-chuvas. Quando Guy é convocado para o serviço militar, Geneviève descobre estar grávida. Surge o dilema: esperar o retorno do amado ou seguir adiante?

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo