#BibliotecasCCSP: a Literatura de Cordel

No mês de agosto é comemorado o dia da/do poeta da Literatura de Cordel, esse gênero literário essencialmente brasileiro que mistura poesia e prosa, música e declamação. Pensando nisso, a equipe das Bibliotecas do CCSP reuniu alguns cordéis que podem ser lidos gratuitamente.

O cordel é um gênero literário original e essencialmente brasileiro. Traz em si temáticas, formas e assuntos que, com uma profunda simplicidade, contam histórias e tecem reflexões em versos que se aproximam da cultura falada. Misturando literatura escrita e práticas da tradição oral (como a declamação, a cantoria, o repente e a embolada), o cordel se consolidou como prática de imensa popularidade e força.

A prática surge no final do século 19, quando a exposição dos textos em cordões deram origem à expressão que o batizou: “cordel”. A inovação da literatura se estendeu às artes plásticas: cordelistas usam a xilogravura para estampar seus folhetos de forma autêntica e prática, popularizando também essa técnica de ilustração. 

Viva e se reinventando até hoje, a prática da Literatura de Cordel reúne em si contribuições das culturas africana, indígena, europeia e árabe, sendo também uma representação literária da nossa diversidade cultural.

Veja a seleção de conteúdos que o CCSP indica em comemoração a data:

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo