#CCSPindica: Tipografia do Centro Cultural São Paulo

Você sabia que, além de uma gráfica com impressão offset, a Folhetaria (ateliê de arte impressa – com xilografia e serigrafia), o CCSP possui também uma tipografia? 

A partir da doação de equipamentos e acessórios tipográficos da antiga Gráfica Municipal, surgiu a ideia de montar uma pequena tipografia dentro da Folhetaria do CCSP que pudesse receber artistas para residências e escolas para vivências educativas. Os recursos são simples e os materiais são reaproveitados, mas mesmo assim é possível criar cartazes, postais e pequenas publicações e ter a experiência da impressão tipográfica, que é o início dos recursos editoriais atuais.

Editora Quelônio

A Tipografia já recebeu José Carlos Gianotti, Editora Quelônio, Jornal de Borda, Ateliê Libelula, Coletivo Ocupeacidade, entre outros artistas. Um edital para ocupação do espaço está em elaboração.

Nos vídeos a seguir conheça Ademir Matias de Almeida, famoso tipógrafo mineiro, e aprenda um pouco sobre a impressão tipográfica, numa reportagem da jornalista Maíra Lemos e no documentário Prelo, dirigido por Raquel Pinheiro e Virgínia Pitzer.

Matias, como é conhecido, orgulha-se de dizer que é um dos últimos tipógrafos em exercício em Belo Horizonte. Sua fábrica – a Tipografia do Matias –, herdada do pai, fica na região Centro-Sul da cidade. Entre máquinas que já saíram de linha e um amontoado de papéis, ele trabalha com uma das formas mais antigas de impressão. Embora vivendo em pleno universo digital, com tanto avanço tecnológico, ele mantém viva a profissão ministrando workshops para estudantes de design e interessados em geral.

>>> Veja mais matérias do #CCSPdeCasa aqui!

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo