Um adeus a Moraes Moreira

O Centro Cultural São Paulo lamenta a morte de Moraes Moreira, 72, brasileiro, baiano, cantor, compositor, poeta e co-fundador da banda Novos Baianos. O músico nos deixou nesta madrugada de forma brusca e arrebatadora. 

Nascido em Ituaçu, no litoral norte da Bahia, Moraes Moreira deixou sua marca na música nacional dos anos 70 com sua obra que expressava as emoções da juventude da época e experimentava unir gêneros até então “incompatíveis”. Amplamente premiado, o cantor é considerado também um dos pioneiros da tradição do trio elétrico no carnaval.

Moreira começou sanfoneiro, tocando em festas de São João, para depois aprender o violão e fundar a banda Os Novos Baianos junto de Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão – com quem compôs a maioria das músicas do grupo. Foi dessa parceria que surgiu um dos mais icônicos álbuns da música nacional, Acabou Chorare. O disco foi eleito o melhor álbum nacional pela revista Rolling Stone em 2007.

Mesmo após ter deixado a banda e seguir carreira solo, a genialidade de Moraes Moreira não ficou circunscrita à música e aos seus mais de 40 discos. O compositor deixou também um legado poético em três livros: Poeta não tem idade, Dá pra viver sem cultura? e A história dos Novos Baianos e Outros Versos

O CCSP se compadece de familiares, amigos e fãs dessa figura brilhante da cultura brasileira. Que possamos nos despedir e seguir rememorando a vida, a obra e os ensinamentos de Moraes Moreira.

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo