Direto da Curadoria: cinema com Célio Franceschet

Célio Franceschet, curador de cinema do CCSP, selecionou e comentou sobre alguns conteúdos relevantes e inspiradores do universo cinematográfico. Confira a seguir as indicações:

1. Festival de Cinema – South by Southwest Online

Sediado em Austin, a Hollywood dos Indies, o festival South by Southwest, um dos mais importantes festivais de cinema independente do mundo, começa a sua edição online em meio à pandemia do Coronavírus. 

Serão disponibilizados os 75 curtas-metragens selecionados, acessíveis sem a necessidade de cadastro. As premiações já foram anunciadas e é possível assistir, ao longo dos dias, todos os vencedores. Aqui vão algumas indicações:

Single

Uma garota de um braço só sai com um cara com uma mão só. Dirigido por Ashley Eakin e produzindo em um Workshop de direção para mulheres, o curta ganhou uma menção especial do Júri no festival. O filme está disponível com audiodescrição e closed captions.
>>> Trailer
>>> Link direto para o filme

Regret

O curta-metragem é dirigido por Santiago Menghini, vencedor da sessão Midnight Shorts, para curtas do gênero fantástico.
>>> Trailer
>>> Link direto para o filme

Just Hold On

Vencedor do grande prêmio do júri no Festival, o curta é o filme para se começar o dia. Dirigido por Sam Davis e Rayka Zehtabchi, acompanhamos uma garotinha que participa de rodeios infantis com ovelhas. Uma bela história contada sob a perspectiva de uma sobrevivente. 
>>> Link direto para o filme

2. EMMA + Autumn De Wilde

A Universal Pictures decidiu colocar três de seus grandes lançamentos de março e abril diretamente em VOD. Uma decisão que pode impactar para sempre nas relações com os exibidores, e ao mesmo tempo, criar novos paradigmas de recepção de um filme. Os filmes disponibilizados diretamente para a casa do telespectador foram: O Homem Invisível, de Leigh Whannell; Emma, de Autumn de Wilde; e The Hunt, de Craig Zobell. O Homem Invisível já havia estreado nos cinemas americanos, e segurava o primeiro lugar nas bilheterias. A lógica da Universal foi cobrar o preço de dois ingressos adultos, ou seja, um total de U$19,00 para 48 horas de disponibilização do filme – um preço salgado para o brasileiro. Os filmes estão disponíveis na plataforma da Amazon Prime, mas mesmo quem assina o serviço precisa pagar. 

A nossa sugestão fica para o filme Emma, de Autumn de Wilde, estreia da diretora nos cinemas. O filme é uma nova adaptação de Emma, de Jane Austen, e foi um dos grandes sucessos do festival de Sundance este ano. Autumn de Wilde constrói um banquete visual excêntrico e irônico, se aproximando, se procurarmos uma comparação, da estética de Wes Anderson. Você não verá um filme de época tão suntuoso, colorido e saboroso desde Maria Antonieta, de Sofia Coppola. 

Para quem não conseguir assistir à estreia nos cinemas, segue abaixo uma série de curtas-metragens que a diretora dirigiu para a marca Prada, disponível no Youtube, que inclui a série The Postman Dreams, The Elevator, e outros. 

3. 10 anos com Hayao Miyazaki

O lendário animador Hayao Miyazaki, diretor dos Estúdios Ghibli e de filmes como A Viagem de Chihiro, O Castelo Animado, Ponyo à Beira-Mar, Princesa Mononoke, entre vários outros clássicos da animação japonesa, abre as portas de seu estúdio para a NHK Japão, em um exclusivo documentário em quatro partes, mostrando o seu processo de criação para as suas animações. 

Após terminar Castelo Animado, o animador deixou a equipe (apenas um cameraman) segui-lo em seu processo para a criação de seu próximo filme, Ponyo À Beira Mar. E observá-lo não é nada menos do que observar uma criança maravilhada com o mundo. O documentário esbarra em personagens conhecidos do mundo Ghibli como Goro Miyazaki, Isao Takahata, entre outros. O documentário está disponível online, dividido em quatro partes e sem a necessidade de um cadastro. 

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo